A transformação da pecuária sustentável nos 10 anos do GTPS

A transformação da pecuária sustentável nos 10 anos do GTPS

Grupo celebrou 10 anos de sua criação e promoveu debates sobre o futuro da pecuária no Brasil

O Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) completou, em 2017, dez anos de sua criação e, para celebrar, promoveu uma série de debates para discutir o futuro da pecuária sustentável no Brasil. Ao longo desse tempo, o país passou por diversos processos de transformações, especialmente no que se refere a atividade pecuária. Com a atuação do GTPS, promovendo a pecuária sustentável por meio da articulação de todos os elos da cadeia de valor, o setor assumiu as questões social e econômica, que contribuíram para o fortalecimento da sustentabilidade, tornando a pecuária mais eficiente, com a incorporação de novas tecnologias e boas práticas ambientais.

De acordo matéria publicada na revista Agroanalysis, buscar uma produção sustentável é aumentar a eficiência usando de forma cada vez mais racional os recursos naturais, como solo e água, e de forma inteligente os insumos, como fertilizantes e defensivos. Na pecuária, os desafios são grandes, porém, nos últimos anos, a pressão da agricultura para aumentar a área de produção, a impossibilidade de abertura de novas áreas e a demanda crescente por produtos de origem animal têm feito a pecuária buscar maior eficiência. Nesse sentido, o GTPS assumiu o importante papel no setor, reunindo todos os elos, intermediando discussões e ações para a conscientização dos elos da cadeia.

Para Alcides Torres, presidente da Associação dos Profissionais de Pecuária Sustentável (APPS), o GTPS é um dos grupos que tem apresentado a verdadeira cara da pecuária nacional e coordenado estudos e pesquisas para os devidos esclarecimentos, além de atuar no fomento de boas práticas de produção. “Hoje, todos sabem que o sistema de produção de bovinos em pasto, dominante no Brasil, agronomicamente conduzido, sequestra carbono, produz emprego, alimente de excelente qualidade, paga impostos, fixa o homem no campo e preserva a natureza”, disse à Agroanalysis. “O GTP, nesses dez anos, polarizou esse conhecimento e o disseminou para o bem da pecuária no Brasil. Que assim seja para os próximos dez anos”, completa.

Durante o evento de comemoração, que aconteceu em São Paulo, em novembro, o GTPS lançou a plataforma online do Guia de Indicadores da Pecuária Sustentável (GIPS), com a finalidade de estimular a melhoria contínua ao contemplar os parâmetros para a busca permanente pela sustentabilidade. A plataforma, considerada hoje uma das maiores conquistas do GTPS, foi desenvolvida por representantes de cada elo da cadeia de valor da pecuária bovina e incentiva os atores a utilizarem uma abordagem gradual, com diferentes estágios de desempenho, desde os mais básicos até os mais complexos, para analisar sua evolução em um determinado período. Segundo informou Ruy Fachini Filho, presidente do GTPS, à revista Agroanalysis, a melhoria contínua precisa, necessariamente, alcançar todos os atores, pequenos, médios e grandes, de modo a torna-los mais sustentáveis.

Comentários

Compartilhe