Projeto InovaFlora: Sustentabilidade e Inovação

Projeto InovaFlora: Sustentabilidade e Inovação

Projeto visa regularização do passivo ambiental de propriedades e implantação de tecnologias produtivas sustentáveis

O projeto InovaFlora  realiza entre os dias 19 e 23 de novembro as primeiras reuniões de planejamento participativo com produtores rurais e instituições parceiras. A Embrapa Amazônia Oriental é a responsável pelo projeto, que faz parte do  Projeto Integrado para a Produção e Manejo Sustentável do Bioma Amazônia. As necessidades financeiras do projeto serão financiadas pelo Fundo Amazônia, que é operado pelo BNDES. O InovaFlora terá como foco principal incentivar e apoiar agricultores familiares do sudeste do Pará na adequação de suas propriedades à legislação ambiental vigente.

O projeto pretende reunir especialistas da Embrapa, produtores locais e instituições parceiras , visando a construção coletiva de conhecimento. Esse grupo de agentes deve facilitar a regularização do passivo ambiental (todas as obrigações que as empresas têm com a natureza e com a sociedade) nas propriedades locais. Além disso, o InovaFlora também tem como objetivo levar novas tecnologias da Embrapa e de empresas parceiras para a região, orientando os produtores sobre práticas produtivas mais eficientes e métodos de restauração ambiental. A implantação dessas novas tecnologias deve ser feita através de Unidades de Referência Tecnológica (URTs), ou seja, a Embrapa instalará as tecnologias nas propriedades de agricultores familiares selecionados. Dessa forma, as URTs servirão como vitrine para as novas tecnologias, incentivando a adoção por mais produtores.

Uma das tecnologias que o projeto pretende implantar na região são os Sistemas Agroflorestais (SAF). Tal tecnologia deve ajudar no reflorestamento às margens dos rios e deve permitir que as propriedades sejam tanto produtivas quanto sustentáveis.  A Embrapa é pioneira no desenvolvimento e implementação de tecnologias produtivas e sustentáveis, sendo referência internacional no tema.  Isso pode ser evidenciado pela recente visita ao Brasil de uma comitiva chinesa formada por pesquisadores, agrônomos, professores universitários e agentes governamentais. A comitiva conheceu a vitrine de forrageiras desenvolvida pela Embrapa, o sistema de integração Lavoura-Pecuária-Floresta e o sistema rotacionado de produção de leite. O objetivo principal da visita foi conhecer métodos para o melhoramento da qualidade e quantidade das pastagens chinesas.

Para saber mais, acesse:

https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/39105274/comitiva-chinesa-visita-embrapa-em-sao-carlos-para-conhecer-opcoes-de-forrageiras-tropicais

https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/39347934/embrapa-propoe-restauracao-florestal-produtiva-para-agricultores-no-sudeste-paraense

 

Comentários

Compartilhe